O que eu devo automatizar na minha casa?

Por buildn
Casa Inteligente

As opções para automação de casa hoje já são inúmeras, há diversas maneiras de tornar a sua casa mais inteligente com a ajuda de softwares e hardwares exclusivos para essa finalidade.

Mas com esse tanto de opção o que eu realmente devo automatizar em minha casa? O que é realmente necessário ou pelo menos o que é recomendável?

Celular com controles de casa inteligente

Essa resposta ela precisa de, antes de tudo, uma análise funda no estilo de vida da casa em questão! Até porque a automação vem para ajudar na rotina das famílias, então, não é uma real necessidade você automatizar uma cortina que nunca abre ou então que nunca fecha, será um investimento com baixo retorno.

Sempre que vamos fazer um projeto de casa inteligente, ou iluminação, irrigação ou elétrica, nós sempre perguntamos um pouco sobre a dinâmica da casa, porque é isso que vai importar para nós!

Vou dar um exemplo para você caro leitor! Vamos usar a Camila como exemplo, ela tem 35 anos, ela costuma trabalhar muito e mora em um apartamento de 80m² sai de casa bem cedo e volta só de noite. Nos finais de semana ela gosta de praticar corrida e festas só fora de casa!

Apenas com essa breve descrição nós podemos ver que a automação das persianas vai ser uma ótima ideia até porque quem mora em prédio constantemente pode ter sua privacidade comprometida por outros prédios ao redor, então uma automação de cortina cairia super bem!

Outro ponto interessante é que ela trabalha muito, e não tem nada melhor do que chegar em casa e ter a casa pelo menos parcialmente limpa para não ter que se preocupar com essas “burocracias” ao chegar exausta do trabalho, por isso um robô de limpeza para esse apartamento também cairia super bem!

Mas será então que isso quer dizer que não vale a pena automatizar a minha casa inteira???

De jeito nenhum! Quando mais automação, quando mais inteligente a casa melhor! Isso aumenta e muito as possibilidades de personalização do seu ambiente. Em alguns casos depois da automação até aquela janela difícil de abrir ou aquele sistema de som ambiente que você nunca usava passam a ser usados apenas por terem se tornado mais fácil de controlar.

O que esse post mostra é que você não precisa se preocupar em investir alto logo de primeira para ter uma primeira experiência com uma casa inteligente.